Lei Seca começa operação móvel com mudanças rápidas de local no estado do RJ

Objetivo é evitar que motoristas alcoolizados consigam saber onde estão as fiscalizações por meio do uso de aplicativos. No primeiro dia, 25% dos motoristas abordados tinham sinais de embriaguez; nas ações regulares, índice médio é de 4%.




"Além da Lei Seca diurna, agora temos a Lei Seca móvel, que é um braço menor da Operação para que ela possa identificar aqueles que tentam fugir das blitzes usando aplicativos. Os agentes vão se deslocar e circular pelas adjacências onde a fiscalização principal estará instalada para flagrar motoristas que tenham optado por rotas alternativas", disse o secretário de Governo, Cleiton Rodrigues, por meio da assessoria de imprensa.

Em 16 de janeiro, a Lei Seca deu início também à Operação Verão, com fiscalizações diurnas que vão ser realizadas até depois do carnaval nos principais acessos a praias, áreas de lazer e cachoeiras.


Quase 11 anos de operação


Desde que iniciou, em 19 de março de 2009, a Operação Lei Seca realizou:

  • 16.393 ações educativas de conscientização;

  • 24.571 ações de fiscalização;mais de 3 milhões de abordagens;

  • 208.869 mil flagrantes de pessoas dirigindo após o consumo de álcool.


Fonte: G1 RJ

4 visualizações0 comentário
WhatsApp-icone.png