Prefeitura do Rio reboca 386 carros da orla no primeiro fim de semana de proibição de estacionamento

Regras estabelecem que região não pode ser usada para estacionar veículos particulares que não sejam de moradores. A medida é válida para sábados, domingos e feriados em todas as praias que vão do Leme ao Pontal.


A Prefeitura do Rio rebocou 386 veículos da orla da cidade do Rio de Janeiro no primeiro fim de semana que passou a valer os decretos municipal e estadual que proibiram o estacionamento de veículos particulares nas proximidades das praias do município. Apenas moradores da região estão autorizados. A medida tem como objetivo diminuir o fluxo de pessoas que estão se aglomerando, contrariando as regras de isolamento social, à beira-mar.



Alguns motoristas afirmaram que foram pegos de surpresa, apesar das determinações terem sido divulgadas na sexta (11). Elas estabelecem que a orla não pode ser usada para estacionar veículos particulares. A medida é válida para sábados, domingos e feriados em todas as praias que vão do Leme ao Pontal.



Ainda assim, foi possível observar, mais uma vez, banhistas desrespeitando as medidas para reduzir a disseminação do novo coronavírus. Na atual fase 5 de flexibilização, o banho de mar é permitido, mas a permanência na faixa de areia segue proibida.



Consumo externo


O fim de semana também foi marcado pela nova proibição de venda de bebidas alcoólicas para consumo externo depois das 21h.



No sábado (12), os fiscais estiveram em 23 estabelecimentos diferentes dos quatro pólos gastronômicos do Rio: na Barra, em Botafogo, no Leblon e na Tijuca, além do Méier. Quatorze multas foram distribuídas, sendo 12 por aglomeração. Sete estabelecimentos foram interditados por não estarem cumprindo a nova regra.



A punição prevê que a interdição do estabelecimento dure sete dias. A multa é de R$ 13 mil, podendo dobrar para R$ 26 mil em caso de reincidência. Nesta segunda (14), começa a valer a nova determinação que permite que lojas de rua voltem a funcionar no horário normal, respeitando as regras de distanciamento social.




Fonte: G1.com

18 visualizações0 comentário
WhatsApp-icone.png